Bye bye 2009!


Hoje eu me dei conta olhando na agenda que as folhas estão acabando e de que mais um ano esta chegando ao fim… Sabe, parando só uns minutinhos pra pensar eu posso dizer que 2009 foi o ano mais louco até hoje em toda a minha vida.

Foi louco em todos os sentidos e sem exageros eu digo isso. Ainda bem que eu não enlouqueci de verdade, fiquei só no truque hahahah.
Eu fui do inferno ao céu, eu provei do doce e do amargo ao mesmo tempo. Eu perdi tudo o que eu imaginava ter e conquistei muito mais do que eu jamais haveria sonhado. Do ‘tudo’ e sobre o ‘nada’ eu aprendi bastante!

Por isso não vou dizer que foi um ano ruim, não mesmo, porque afinal meses difíceis todo mundo tem não é mesmo?!

E, eu aprendi a ver coisas boas até mesmo onde não existe nada! Beauty & Happiness (my new motto) são estado de espirito e isso a gente não encontra fora, a gente busca dentro!

2009 foi um ano de muitas mudanças e incríveis conquistas. Foi um ano também de poucas, mas de grandes perdas… Mas o melhor disso tudo: tem sido um ano de muita experimentação, lotado de aprendizados e de infinitas descobertas, sobre os outros e sobre eu mesma.

Eu me dei conta sobre a minha necessidade insaciável de me expressar e poder fazer isso sempre; e sempre de uma forma diversa!  E se isso não acontece eu sou capaz de ficar doente, juroh… Eu descobri que eu tenho vontade de interagir mais com tudo, de provar mais das pessoas, de poder deixar menos de mim e de que eu posso e devo fazer o que quiser sempre…

Eu descobri que as coisas vão e vem, e que mesmo indo e vindo tudo esta sempre mudando, está sempre diferente, pelo menos pra mim. Eu sou capaz de dizer ‘não gosto’ e logo depois ‘eu amo’, sou capaz de ‘desejar loucamente’ algo pra depois olhar com o desdem de quem jamais quis. Eu adorei saber que eu tenho amigos-amantes, amores-amigos, e amizades inusitads que vão durar pra sempre e estarão ali pra mim quando eu voltar, se um dia eu voltar… mas mesmo assim, eu serei muito grata por eles todos e os guardarei com carinho.

Medo de tentar, de dizer o que eu penso, de fazer o que der na telha e errar eu nunca tive, mas eu tenho tido ultimamente uma vontade absurda de acertar ainda mais e eu pretendo continuar fazendo as regras do meu próprio jogo pra esse novo ano que ainda nem começou. Porque eu to cansada de padrões (uhmmm pensei em ‘código binário’ agora, eu sei – isso foi meio Nerds e super nada a ver hahahah…), mas enfim. Eu me cansei de restrições, de mimimi’s e eu quero mais do que tudo aquilo que eu já tive! Eu tenho necessidade do que eu ainda não tenho, saudade do que eu ainda não provei!

Eu quero ser ainda mais imprevisível, talvez um pouco menos inconstante, ser cada vez mais autêntica e, se eu coubesse mesmo em rótulos, esses me serviriam muito bem. Mas de novo eu sou mais do que isso! Eu sei dos meus defeitos, mas eu não acredito muito nas minhas limitações!

Eu me testo todos os dias, e eu tenho tesão por pessoas pilhadas, adoro-as! Definitivamente eu preciso de pessoas que consigam acompanhar o meu ritmo e que não se intimidam com a minha pessoa… Engraçado que eu digo pra mim mesma um milhão e quinhentas mil vezes num único dia: ‘se apaixonar é fácil, dificil é não se apegar’, quem sabe um dia eu aprendo.

Eu tenho me permitido grandes paixões passageiras, colecionado histórias de vida. Eh… eu aprendi que “o novo sempre vem”! E isso é ótimo, mas como uma boa leonina não nego que eu ainda vou continuar sendo exagerada: morrendo mil vezes de amor e sempre sem motivos porque de outro modo eu não sei ser, e eu também não sei se quero mudar isso.

Eu gosto de intensidade e talvez seja por isso que eu tenho vontade todo dia de sair correndo da minha própria vida pra ir buscar um desafio diferente pras próximas 24horas do dia novo, e lógico que pro novo ano que se aproxima isso não será diferente! Eu to com a faca e o queijo na mão, e com uma puta vontade de sair por ai devorando tudo o que tiver na minha frente! Eu quero continuar vivendo como se hoje fosse o meu ultimo dia, aproveitando tudo ao máximo, sem deixar escapar nenhuma possibilidade (às vezes eu gostaria muito de poder ensinar isso também às pessoas…).

Por isso, em 2010 eu desejo continuar fazendo o meu mundo girar, deixando ele de cabeça pra baixo de vez em quando só pra ter o que arrumar depois… e de novo eu não preciso nem nunca precisei de desculpas ou razões pra fazer as coisas que faço, mas ‘ações’ definitivamente motivam minha vida! Eu passei a gostar do imprevisto, da chuva que cai, do vento que passa… das surpresas do dia a dia.

Eu sei que eu ainda vou ter meus dias de sol e também os meus dias nublados, que eu vou continuar me derretendo e me acabando, desabando e me reerguendo e será assim que eu vou seguir conquistando tudo aquilo que eu sempre quis e aqueles que eu jamais sonhei…

2010 te quero muito!

One Response to “Bye bye 2009!”

  1. Raul Says:

    Acho de arrepiar a forma como vc coloca graça nas coisas cotidianas; como vc é capaz de particularizar o seu mundo só seu e ainda assim dividir ele com os outros….Acho sensasional a forma como vc se auto-descreve…
    Vc é mesmo tudo isso e muito mais! Keep going girl! 😀

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: